De acordo com o Artigo 5º da Constituição Federal, “Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza”. Mas será que a realidade é essa mesma? Desde o século XVII, quando o movimento feminista começou a adquirir características de ação política, as mulheres vêm tentando colocar em prática essa máxima, e mesmo assim seus salários ainda são quase 23% mais baixos que de seus pares homens. Clique no post para ler mais!